PESQUISAR NESTE BLOG:

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Guitarra Clássica




A guitarra teve a sua origem, provavelmente, no Egipto acerca de 3000 anos atrás. Pensa-se que é um instrumento proveniente dos antigos Alaúdes e das Vihuelas. A guitarra espalhou -se rapidamente por vários países da Europa, mas foi na Espanha, em Andaluzia, que a guitarra atingiu grande popularidade e foi aqui também que se desenvolveu a arte de construir guitarras.
A guitarra ao longo dos tempos foi sofrendo várias alterações ao nível da forma e design. Foi António Torres Jurado o mais célebre Luthier de sempre, que se destacou com as suas inovações na arte de construir guitarras, e que mais tarde deu origem à Escola Espanhola de Luthiers por meados do fim do século XIX.

A guitarra torna-se, no século XX, um dos mais populares instrumentos musicais, sendo utilizada nos mais variados géneros musicais.
A guitarra, conhecida como viola ou violão na linguagem comum, é um cordofone de corda dedilhada. Possui um corpo largo e uma caixa de ressonância em forma de oito e no tampo encontra-se um orifício circular chamado a boca. A guitarra clássica tem seis cordas com a afinação Mi 1, Lá 1, Ré 2, Sol 2, Sí 2 e Mi 3, sendo o comprimento de corda mais usado de 65 cm. As cordas estendem-se ao longo da escala e do corpo e encontram-se "atadas" directamente na ponte.

As três cordas mais graves são feitas de nylon com fieira de cobre, as três mais agudas são feitas de nylon. Ao longo do braço estende-se a escala, esta encontra-se dividida por trastos metálicos que delimitam intervalos de meio-tom temperado.

A extensão da guitarra vai de Mi 1 a Si 4 e, na partitura, a música para guitarra é escrita uma oitava acima do som real do instrumento, o que permite o uso da clave de sol.

Fonte: http://guitarraclassica.no.sapo.pt

Deixo-vos Paco de Lucia, um dos grandes executantes deste extraordinário instrumento.


Paco de Lucia - Entre dos aguas (1976) full video

Sem comentários: