PESQUISAR NESTE BLOG:

quarta-feira, 28 de julho de 2010

SEA - Sesimbra Encontro de Artes 2010



Programa



Fonte: http://seasesimbra.blogspot.com/, por André Semblano

7º Tripa Trio - 7 Agosto 2010

Profª. Elisabete Lemos - Espectáculo musical de 30 e 31 Julho 2010

Nos próximos dias 30 e 31 de Julho pelas 21:30, a Profª. Elisabete Lemos vai realizar mais um dos seus espectáculo com repertório variado, interpretado pelos seus alunos em instrumentos de cordas, sopros, teclado, percussão e vozes.

São também convidados alguns dos ex-alunos da professora.

O Alex Alagoa que actualmente estuda com o Nuno Pinhal, é um deles.

Local (obrigado leitor atento!): Cine Teatro João Mota em Sesimbra.

Compareçam!



Jornadas Medievais - Julho de 2010



Carnaval de Verão 2010

Para quem não viu!



Carnaval de Verão em Sesimbra

Para surpresa dos muitos turistas que passam férias em Sesimbra, a Avenida dos Náufragos encerrou no sábado à noite para a já tradicional parada do Carnaval de Verão.

Das seis escolas de samba que em Fevereiro foram para a rua desfilar, sob frio e chuva, apenas uma não percorreu a marginal de Sesimbra numa noite quente e animada. As figurantes das escolas de Samba do Saltaricos do Castelo, Bota no Rego, Batuque do Conde, Trepa no Coqueiro e Unidos de Vila Zimbra mostraram que é nesta altura do ano, quando o calor aperta, que os corpos mais se soltam.

Fonte: Jornal Correio da Manhã (online)

terça-feira, 27 de julho de 2010

Carlos Sargedas na TVI, 27 Julho 2010


No programa "As tardes da Júlia" da autoria de Júlis Pinheiro, Carlos Sargedas foi um dos convidados do programa de dia 26.
Uma entrevista de 30 minutos com Cristina Ferreira no programa pois a Júlia Pinheiro está de férias e está a fazer o programa.
Além de promover o seu trabalho nas várias áreas da fotografia nos seus 28 anos de profissão e a sua empresa de turismo aéreo Falcão Azul, Carlos Sargedas deu mais destaque á sua terra Sesimbra e aos 600 anos do Cabo Espichel.
Diz-nos:" Foi muito "interactivo" e no final acho que o balanço foi muito positivo .No canal de maior audiência nacional e num dos seus maiores programas, é uma promoção impressionante. Durante a entrevista muitas pessoas ligaram para a TVI a querer informações dos passeios de helicópteros e do meu trabalho como fotógrafo.
A produção foi sensacional e veio ter comigo pedir os contactos para fornecer aos telespectadores.
Depois foram mais duas entrevistas de pessoas que como eu têm mais que uma actividade e que fazem no Verão uma aposta forte na sua segunda actividade, o primeiro além de pescador, aluga bicicletas para passeios na Costa Nova na zona de Azeiro, e o outro que é funcionário público, é pescador de lagostim no rio Tejo e aos fins de semana faz passeios de barco para turismo na zona de Vila Velha de Rodão.
Ao chegar a Sesimbra, para espanto meu, foram muitas as pessoas a felicitar-me na rua e a irem á loja, também houve uma "chuva" de e-mail's , sms's e mensagens no Facebook."

Por Carlos Sargedas

Foto do Bruno Barros


A participação dos nossos leitores é algo que muito nos apraz. O Bruno Barros enviou-nos esta excelente fotografia do nosso Cabo Espichel, tirada no passado domingo Obrigado!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

O Teatro de revista chegou a Sesimbra


                                                                                                        
DIA 23 DE JULHO PELAS 22.00H, NO SALÃO DE FESTAS
CORONEL JOAQUIM PINTO BRAZ
GINÁSIO DO GRUPO DESPORTIVO DE SESIMBRA


quinta-feira, 22 de julho de 2010

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Galeria São Mamede - colectiva de pintura e escultura


A Galeria São Mamede inaugura uma importante exposição colectiva de pintura e escultura a partir do próximo sábado dia 17 de Julho.

A exposição integra pintura e/ou desenho de Armanda Passos, Armando Alves, Cristina Guise, Carlos Calvet , Catarina Pinto Leite, Cruzeiro Seixas, Deolinda Fonseca, Eduardo Nery, Gervásio, Gonzalez Bravo, Guilherme Parente, João Vieira, Justino Alves, Luzia Lage, Nadir Afonso, Nim Castanheira, Nélio Saltão, Nuno Santiago, Pedro Figueiredo, Raul Perez, Sara Domingos, Sofia Areal, Victor Costa etc.

Esculturas de Jesus Curia, Mar Solis, Matthias Contzen, Miguel Ponticú, Suarez Reguera, Vitor Ribeiro.

Fonte: www.saomamede.com

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Margov - Entrega de Prémios do Concurso de Fotografia Digital "O Nosso MAR"



Entrega de Prémios do Concurso de Fotografia Digital "O Nosso MAR"
Dia 17 de Julho às 15h00 na Biblioteca de Sesimbra

Apareçam!

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Invictus, o filme

É um filme sobre um personagem histórico e a sua especial importância num momento de viragem da história recente da África do Sul. "Invictus", o filme de Clint Eastwood sobre a chegada de Nelson Mandela à presidência do país é um excelente filme. Vale sobretudo pelo "retrato" ainda que breve do homem grandioso e carismático que é Nelson Mandela!

A não perder!

Novos trabalhos de André Semblano



Deixo-vos uma aguarela e uma pintura sobre azulejos.

Muito bom André! Parabéns!

Roger Waters traz ‘The Wall’ a Lisboa em Março de 2011


Roger Waters traz ‘The Wall’ a Lisboa em Março de 2011

Roger Waters, génio criativo dos Pink Floyd, vai trazer a Lisboa o espectáculo ‘The Wall’. O concerto está marcado para 21 de Março de 2011, no Pavilhão Atlântico.

O espectáculo de Lisboa insere--se na digressão mundial que assinala os 30 anos da edição de ‘The Wall’, um dos álbuns mais importantes dos Pink Floyd.

A digressão de Roger Waters inicia-se em Setembro nos EUA e só chega à Europa no próximo ano. O espectáculo será uma grandiosa produção, com direito à construção de um muro em palco, que depois será destruído no final da actuação.

A Ritmos & Blues, empresa que está a promover o espectáculo, não adianta, porém, quando é que os bilhetes para o Pavilhão Atlântico serão colocados à venda, nem os respectivos preços.

Roger Waters actuou pela última vez em Portugal há quatro anos. Isso aconteceu numa edição do Rock in Rio-Lisboa.

Fonte: Correio da Manhã, por L.F.S.

Júlio Pomar expôe em Bragança


JÚLIO POMAR

Júlio Pomar Uma Antologia, 30 de Junho de 2010 a 17 de Outubro DE 2010
Demarcada por períodos muito distintos, a obra de Júlio Pomar (Lisboa, 1926), um dos mais notáveis artistas do panorama da pintura portuguesa do século XX com amplo reconhecimento internacional, alicerça-se, desde as primeiras obras, numa estética de contínua experimentação.

Embora a sua prática artística tenha na pintura a expressão fundadora, são frequentes as incursões a outras possibilidades compósitas na construção de uma obra que se estende a mais de seis décadas e se desdobra numa multiplicidade de linguagens, temas, técnicas, materiais e suportes.

Aparentemente paradoxal, cada nova fase da sua produção artística é pautada pela continuada revisão de processos e técnicas que patenteiam “um percurso articulado, em que cada etapa recupera a anterior e anuncia já a seguinte, como um processo de constante metamorfose e alteração”.

A presente exposição, organizada a partir de um discurso expositivo onde o critério cronológico é particularmente evidente, procura estabelecer, dentro das possibilidades do espaço arquitectónico do museu, o reencontro do espectador com cada um dos períodos, temas e obras mais marcantes da sua prolífica produção artística.

Comissariado: Jorge da Costa

Produção: Câmara Municipal de Bragança

Colaboração: Fundação Júlio Pomar, Centro de Arte Manuel de Brito, CAM – Fundação Calouste Gulbenkian

Fonte: http://centroartegracamorais.cm-braganca.pt
-----------------------------
Bragança homenageia Júlio Pomar

Está patente ao público no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, em Bragança, uma exposição de pintura de Júlio Pomar, um dos artistas nacionais mais consagrados.

Trata-se de uma mostra com cerca de cem obras, intitulada “Júlio Pomar -
Uma Antologia”, comissariada por Jorge da Costa, director do centro de arte, que atravessa várias épocas e fases do pintor, verdadeiros marcos históricos na sua produção artística. A partir desta mostra é possível fazer um percurso do pintor, que aos 84 continua a produzir.

O centro de arte vai ainda homenagear Júlio Pomar, com intervenções de Laura Castro e Vasco Graça Moura, seguidas de momento musical por Pedro Caldeira Cabral.

O centro Graça Morais comemora hoje 2 anos de existência. Jorge da Costa faz um balanço “muito positivo” não só pelos artistas que por lá passaram, mas também pelo número de visitantes, uma média de 1300 por mês. A pintora transmontana que dá o nome àquela casa da cultura explicou que se trata de uma exposição de muita qualidade e extraordinária. “Gostava muito que esta cidade o conhecesse melhor e que ele oferecesse ao país através deste espaço a sua obra”, afirmou.

Graça Morais está satisfeita com a actividade do centro de arte contemporânea, porque tem sido possível organizar mostras com vários artistas de mérito reconhecido, mas também por ali têm passado jovens em início de carreira e não tem dúvidas de que virá a ser um ponto de referencia da arte portuguesa. “Todos de muita qualidade e o público tem aderido, tem vindo gente de vários pontos do país e de Espanha”, frisou.

Paralelamente à inauguração das exposições de Júlio Pomar e de Graça Morais “Retratos e Auto-Retratos”, o centro decidiu levar a arte para a rua e organizou uma série de iniciativas no centro histórico de Bragança, como música e exposições. A iniciativa designada “Linha Azul” desafiou lojas, galerias, museus e outras instituições ligadas à cultura a fazer instalações, a promover concertos e realizar performances.

Fonte: www.jornalnordeste.com, Glória Lopes

terça-feira, 13 de julho de 2010