PESQUISAR NESTE BLOG:

domingo, 31 de janeiro de 2010

Museus da Madeira



O historiador José Hermano Saraiva, no seu próximo programa de “A Alma e a Gente”, vai abordar a Exposição “Obras de Referência dos Museus da Madeira: 500 Anos de História de um Arquipélago”, que se encontra na Galeria do Rei D. Luís, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, até o próximo dia 28 de Fevereiro.
O programa “A Alma e a Gente” será transmitido amanhã, às 19h30, na RTP 2.
Com especial enfoque nas obras dos museus da Região Autónoma da Madeira que se encontram expostas, o professor vai contar também alguns episódios da história do arquipélago, como o das primeiras capitanias e, em particular, sobre a vida de João Gonçalves Zarco.
Para o efeito, a equipa da Videofono – produtora do programa “A Alma e a gente” - esteve na Madeira nos passados dias 10, 11 e 12 deste mês, a fim de recolher imagens para complemento da referida exposição, designadamente de algumas plantações de cana-de-açucar e de vinhas, do Convento de Santa Clara, da Sé do Funchal, de alguns museus e dos portos do Funchal e de Câmara de Lobos.
De lembrar que a exposição, patente no Palácio Nacional da Ajuda, constitui-se como reflexo dos principais ciclos da História da Madeira, entre o século XV e os inícios do século XX.
No conjunto de peças emblemáticas de escultura, pintura, ourivesaria, mobiliário, cerâmica ou fotografia, exemplificam-se os contactos com alguns dos mais importantes centros artísticos europeus. A importância estratégica deste espaço insular no contexto da expansão portuguesa e, mais tarde, europeia, está subjacente na mostra comissariada por Francisco Clode Sousa.
De sublinhar que esta exposição, cuja inauguração em Lisboa ocorreu a 21 de Novembro de 2009, obteve de imediato uma grande projecção na imprensa nacional e até estrangeira, tendo sido elogiada por conceituados críticos de arte.
Integrada no projecto MUSEUMAC – Rede de Museus Madeira-Açores-Canárias, esta iniciativa apresenta cerca de 300 obras de espaços museológicos como Museu de Arte Sacra do Funchal, Museu Quinta das Cruzes, Casa-Museu Frederico de Freitas, Museu Henrique e Francisco Franco, Museu A Cidade do Açúcar, Núcleo Museológico do IVBAM, Museu de Arte Contemporânea-Fortaleza de São Tiago, Museu Photographia “Vicentes”, Casa Colombo-Museu do Porto Santo e Núcleo Histórico de Santo Amaro-Torre do Capitão.
A mostra é promovida pelo Ministério da Cultura, através do Instituto dos Museus e da Conservação, e pela Secretaria Regional de Educação e Cultura, através da Direcção Regional dos Assuntos Culturais.

Fonte: www.jornaldamadeira.pt
por Odília Gouveia

Sem comentários: